TikTok: por que as marcas devem considerar o fenômeno?

- Em - Comunicação, Digital

As possibilidades para as marcas são tão amplas quanto os recursos do TikTok.

Vamos por partes. O que é o TikTok?

O TikTok é o segundo aplicativo mais baixado do mundo, batendo a marca de mais de 1 BILHÃO de instalações durante a quarentena, no fim de março, apenas na loja do Android. A rede social funciona basicamente assim: os usuários gravam vídeos curtos e podem escolher entre um banco de dados de músicas e efeitos visuais ou sonoros. Eles também podem fazer upload de seus próprios sons para sincronizar uma dublagem com o vídeo original de outra pessoa.

TikTok: por que as marcas devem considerar o fenômeno?

Em um primeiro momento, o TikTok não parece muito diferente do Snapchat, Vine (in memorian) ou Dubsmash. Mas algumas diferenças o tornam irresistível: o seu algoritmo de inteligência artificial torna os conteúdos altamente virais e há uma variedade sofisticada de efeitos, o que oferece muito mais possibilidades criativas para criadores e marcas.

Mas como as marcas podem surfar nesta onda?

Os consumidores estão presos em suas casas aguardando o fim da crise da Covid-19 e os estrategistas de marca estão procurando maneiras de se conectar com os seus públicos. O TikTok teve um aumento meteórico nos últimos meses, com algumas celebridades e marcas obtendo sucesso com o formato. É uma plataforma viciante!

As possibilidades para as marcas são tão amplas quanto os recursos do TikTok. Recentemente, a Nestlé fez o primeiro recrutamento da marca dentro da plataforma no Brasil. O processo foi realizado internamente e o candidato ao posto de gerente de marketing da Nescau deveria criar um vídeo de até 60 segundos com uma música que o representasse, uma breve descrição pessoal, por que queria concorrer àquele cargo e o que poderia agregar à empresa.

O próprio TikTok está animado com a adesão brasileira à ferramenta. A rede social instalou um dos 12 escritórios globais da empresa em São Paulo. Em entrevista recente,  o community manager do TikTok no Brasil, Rodrigo Barbosa, disse que a plataforma está muito entusiasmada com “a resposta esmagadora de nossos usuários brasileiros e com tendência contínua de crescimento no país”.

Rodrigo diz ainda que “as marcas mais bem-sucedidas são aquelas que abraçam a criatividade e a autenticidade da comunidade. O conteúdo no TikTok é único. O que mais repercute são os momentos da vida real, então a prática que recomendamos para as marcas é que permaneçam fiéis à sua essência, garantindo que o conteúdo seja autêntico para o formato”.

Quais os primeiros passos?

Antes de começar a usar o TikTok, busque entender como o aplicativo funciona. Baixe em seu Android ou iPhone, descubra quem são os influenciadores mais populares e que conversam com os seus públicos-alvo, se familiarize com a ferramenta e aprenda o que pode e o que não pode ser feito nela. Dedique algum tempo apenas para praticar e ver o que outras marcas e influenciadores estão fazendo.

Você não está no Facebook, Instagram ou LinkedIn. Ou seja, nada de posts polidos ou seguindo as fórmulas batidas das outras redes. Aproveite a natureza autêntica do TikTok para experimentar novas maneiras de produzir conteúdo.

E planeje! Toda a comunicação de uma organização precisa de planejamento, e aqui não é diferente. É nessa etapa que você definirá as estratégias e as métricas de sucesso. 

Ficou com dúvida de como usar essa ou outras soluções de comunicação para alavancar o seu negócio? Converse com a gente! Vamos adorar ajudá-lo a vencer os desafios atuais com estratégias de comunicação integrada. 

Leia também: 4 caminhos para sua marca sobreviver à pandemia.

Bruno Aguiar é gestor de Comunicação e sócio do Conversa Estratégias de Comunicação Integrada

Compartilhe nas redes sociais