Você quer ser famoso ou uma autoridade?

- Em - Redes Sociais

O que faz de você uma figura pública é ser notado. Se você é notado por uma audiência e essa audiência segue você, você é uma figura pública. E muitas dessas figuras públicas também são autoridade naquilo em que são especialistas, no assunto que dominam. Aquele tema que a sua audiência quer saber como você pensa, como você faz e até como você vive aquilo.

Mas ser figura pública não é uma tarefa fácil. Muito menos ser autoridade. Cobranças acompanharão toda a sua jornada e será gerada uma expectativa para que você nutra as pessoas que te seguem de conteúdo relevante. Essa expectativa, sendo atendida, gerará em você credibilidade.

Credibilidade é uma construção. E essa construção não é fácil. Requer muitos esforços e atributos que você pode ter ou não. Se não tiver, você precisará se esforçar para ter. 

Neste artigo deixarei 6 passos que te ajudarão a ter e manter a credibilidade que uma figura pública precisa para se tornar uma autoridade.

1. Trajetória

Valorize tudo o que você já viveu, estudou, experienciou e testou. A sua história é a maior credencial para você se apresentar como autoridade na sua área. Também é importante trabalhar constantemente para enriquecer essa trajetória. Movimentar-se, engajar-se com quem também discute os assuntos que você discute, envolver-se no debate e posicionar-se sempre que necessário.

2. Coerência

O que você fala e o que você defende condiz com o que você faz na prática? Uma autoridade é vigiada o tempo todo. Se houver alguma incoerência em você, ela virá à tona em algum momento e toda a sua credibilidade será colocada em cheque.

3. Produza conteúdo relevante

Se você é uma autoridade, a sua cabeça está sempre cheia de ideias, pensamentos, devaneios, projetos e ambições. Transforme em conteúdo. A sua audiência precisa acessar tudo isso. Não guarde para você. Produza um vídeo, grave um podcast, faça um story, lance um livro, promova um evento, fale para a imprensa, crie um site… Faça alguma coisa para que as suas ideias sejam acessadas. Crie registros do que você é e do que você pensa.

4. Constância

Não adianta iniciar uma trajetória de construção de autoridade e parar no meio do caminho, ou mesmo perder o ritmo. Quando você cativa uma audiência, ela precisa ser alimentada, o que requer constância. As suas pausas precisam ser criativas, nunca por abandono. Se você abandona quem te segue, eles te abandonarão também, e o resgate é sempre muito difícil. 

5. Atualize-se

O mundo de hoje não é igual ao mundo de meia hora atrás. As coisas mudam. Pautas e ideias novas surgem. A sua própria audiência pode te trazer uma demanda que você não esperava – talvez por estar mais atualizada do que você. Esteja sempre um passo à frente. Seja curioso, empático, relacione-se bem com os seus pares e consuma outros conteúdos. Estude e pesquise. Isso fará de você uma autoridade sempre atualizada e diferenciada daqueles com quem compete. 

6. Seja humilde 

Você é muito bom no que você faz. Mas tem muita gente que também é muito boa – e possivelmente até melhor do que você. Não aja como se soubesse de tudo. Se errou, assuma. Se precisar mudar uma estratégia ou pensamento, seja humilde e o faça. Os heróis mais amados são os mais vulneráveis, os mais humanos. Com as autoridades não é diferente.

Ser uma figura pública não é uma tarefa fácil. Ser uma autoridade é uma tarefa menos fácil ainda. Mas é um desafio possível e quem consegue cumpri-lo vive uma experiência de autorrealização que não tem preço. Espero que você aceite e cumpra esse desafio!

Nós, do Conversa, estamos a postos para te auxiliar. Converse conosco e vamos trilhar esta jornada juntos!

Leia também: Reputação: não existe privacidade na era digital

Descubra: Como se tornar referência no LinkedIn?

Bruno Aguiar é jornalista, gestor de imagem e CEO do Conversa Estratégias de Comunicação Integrada

Compartilhe nas redes sociais